8 dicas para comprar o primeiro carro

Acreditamos que comprar carro pela primeira vez é um acontecimento especial para a grande maioria das pessoas. Por esse motivo, neste artigo, vamos falar de alguns aspetos essenciais que deve ter em consideração quando decidir comprar o seu primeiro carro.

Comprar o primeiro carro: uma conquista

Após tirar a carta de condução, a compra do primeiro carro é um dos momentos mais marcantes para qualquer condutor, uma vez que representa ter mais liberdade e autonomia. 

Para que consiga escolher o carro usado que melhor se adequa a si, tenha em atenção as suas  necessidades de utilização diárias, os seus gostos pessoais, e defina também um orçamento. Estes, normalmente, são os critérios essenciais que devem ser tidos em conta no decorrer do processo.

Afinal de contas, é uma decisão que deve ser considerada e nunca tomada de forma leviana. Vamos ajudá-lo a desconstruir este processo.

homem a comprar o seu primeiro carro

1. Definir o orçamento

Não vale a pena gastar todas as suas poupanças na compra do primeiro carro. Pode optar, numa primeira fase, por explorar a opção de comprar carros usados mais baratos. A regra de ouro é definir um orçamento com o qual se sinta confortável. Lembre-se também de que um carro gera muitas despesas (mais do que inicialmente se pensa). Entre seguros, impostos ou manutenção, o valor de compra será sempre superior com estes pequenos / grandes extras.

Por isso, se decidir comprar carro pela primeira vez, faça bem as contas e liste todos os custos que vão além da compra do automóvel em si, para não ultrapassar o orçamento inicialmente definido.

Um conselho: os carros usados baratos, por norma, são boas opções para a primeira compra. 

Ler mais: “Comprar carros usados baratos: 4 aspetos a ter em atenção”

2. Comprar carros usados ou novos?

Esta é outra boa questão na qual deve refletir antes de iniciar o processo de compra. Para quem não “herda” o clássico carro familiar, o mais certo é ter que comprar carro próprio.

Assim, após definir o orçamento, segue-se outra questão importantíssima: carro novo ou usado?

Aqui, é certo que o orçamento é o maior condicionante, mas terá de perceber qual das duas opções é a melhor. Para uns, um carro usado é uma excelente opção para aprender, sendo que os custos de manutenção nunca serão tão altos. Para outros, um carro novo é a oportunidade ideal para sentir a derradeira experiência da condução, num veículo novo, a estrear. Além disso, é uma escolha que será sempre personalizável.

Conclusão? O mercado de carros usados ​​oferece múltiplas opções onde o preço é consideravelmente reduzido. Embora seja verdade que também no mercado de carros novos pode encontrar opções muito boas.

Nada como estudar a sua situação, necessidades, orçamento e, em última linha, pedir até a opinião de um especialista. 

Ler mais: “5 novos carros para descobrir em 2024

3. Escolha um carro, acima de tudo, seguro

Sabemos que durante a decisão de compra as emoções desempenham um papel fundamental. Contudo, neste caso é preciso ter bom senso: o seu primeiro carro será sempre um carro de aprendizagem. Por esse motivo, deve ser um automóvel que vá ao encontro das suas necessidades diárias e, acima de tudo, que lhe proporcione segurança na estrada. 

4. Verificar se está em bom estado

Quando for ver o carro que lhe interessa, certifique-se de que a parte mecânica está em boas condições. Travões, filtros, correia de transmissão, bateria, pneus, entre outros, fazem parte de um sistema que garante a fiabilidade que referimos no ponto anterior.

Não tenha receio de fazer perguntas, especialmente se a intenção é comprar um carro usado.

5. Test-Drive: a importância de sentir o volante e a estrada

Assim que se apaixonar por um carro e tiver a certeza do modelo que deseja, é importante então marcar um test-drive e experimentá-lo antes da compra.

Normalmente, no caso de comprar um carro novo, os concessionários não têm um veículo de teste idêntico à versão em que poderá estar interessado, mas têm vários modelos de teste para que possa conduzir um veículo semelhante ao que pretende, de forma a ter uma ideia mais clara de como seria andar nesse modelo diariamente.

No caso da compra de um carro usado, a mesma situação. Em qualquer possível negócio, pergunte sempre ao vendedor se pode testar o carro. Este passo é fundamental, também, para confirmar se está tudo como anunciado e se o carro está em condições.

6. Mudanças automáticas ou manuais?

Por esta altura já percebeu que o objetivo deste primeiro carro é aprender. Logo, comprar um carro automático poderá não ser a melhor opção. Isto porque, ao fazer esta escolha, poderá não dominar totalmente o funcionamento das mudanças manuais.

Controlar as mudanças manuais é daquelas habilidades que todos os condutores devem conseguir dominar. É como andar de bicicleta. Nunca se esquece e nunca se sabe quando podemos precisar de o fazer.

Além disso, as transmissões automáticas são mecanicamente complexas, requerem manutenção periódica e uma avaria pode pesar bastante no bolso.

Ler mais: “Porquê optar por carros com caixa automática?”

7. Escolha a opção mais barata de manter

Outra dica a ter em atenção ao comprar carro pela primeira vez, é escolher um modelo de fácil manutenção. Acredite…irá poupar muitas dores de cabeça.

Para isso, escolha carros com mecânica simples. Não escolha carros complexos. Ao invés, a escolha deve recair sobre carros cuja manutenção de rotina se limite a pouco mais do que a troca do óleo do motor e dos respetivos filtros.

Além disso, escolha também um carro fácil de manter no que toca ao consumo. Nunca se esqueça, menos é sempre mais.

Ler mais: “Quando e como mudar correia de distribuição ao seu automóvel”

8. Usufrua da experiência

É o mais importante. Tal como referimos, o primeiro carro é para muitos uma forma de ter mais liberdade. É poder viajar para onde desejamos, viver experiências incríveis com os amigos, família ou até com a sua cara-metade.

No fundo, o ato de comprar carro pela primeira vez é muito mais do que comprar um meio de transporte próprio: é paixão, liberdade, responsabilidade, maturidade, esforço, diversão e alegria.

O que nos diz? Preparado para este GRANDE momento?

Se já sabe o tipo de carro que deseja, o próximo passo é fazer uma pesquisa com base nos aspetos que mencionámos anteriormente e, quando os critérios estiverem definidos, comece a procurar. Entre motor a gasolina, gasóleo ou elétrico, temos a certeza de que vai encontrar o primeiro carro ideal para si.