Principais tendências do setor automóvel para 2024

O que podemos esperar das tendências do setor automóvel para 2024 em Portugal e no mundo? Estará a eletrificação automóvel a dar sinais de abrandamento? Que novidades tecnológicas nos vão trazer as grandes marcas ao longo deste ano? 

Continue a ler porque, neste artigo, vamos explorar 5 tendências emergentes numa indústria que vai, definitivamente, passar por mudanças transformadoras com avanços significativos na conectividade, eletrificação e sustentabilidade.

5 Tendências no setor automóvel para 2024

1. Mobilidade Elétrica

Este ano a mobilidade elétrica vai continuar a ser um tema quente de conversa no setor. Apesar do ligeiro abrandamento da venda de veículos elétricos (VE) que se registou globalmente o ano passado (devido a fatores como incentivos à compra insuficientes ou infraestruturas de carregamento limitadas), a tendência manteve-se positiva e, em 2024, esperamos continuar a assistir ao crescimento das vendas de carros elétricos. Espera-se ainda que a China continue na liderança de uma cadeia de abastecimento controlada, destacando-se como um gigante da indústria em matéria de inovação e de presença global, já que se antecipa que seja responsável por cerca de 60% das vendas de veículos elétricos em todo o mundo. Já em 2025, a China espera conquistar cerca de 12% do mercado europeu, através de preços competitivos, tecnologia de ponta e contando com a crescente popularidade das marcas chinesas neste mercado.

Ler mais: Euro 7: o que pode mudar na indústria automóvel

2. Postos de carregamento para VE

As previsões apontam para que, em 2024, os postos de carregamento para carros elétricos cresçam e atinjam os 2 milhões em todo o mundo. Esperamos ainda assistir a um forte investimento nas infraestruturas de carregamento, em especial, nos postos de carregamento rápido. Mais uma vez, a China desempenha um papel significativo, prevendo-se que as suas tecnologias de carregamento rápido tripliquem até ao final do ano.

Porém, o desafio permanece: estabelecer padrões de bateria uniformes que permitam e/ou facilitem o carregamento apropriado em qualquer posto.

3. Conectividade 5G

Podemos ainda esperar grandes transformações na indústria automóvel no que diz respeito à tecnologia 5G. Grandes fabricantes – como a como Audi, Mercedes-Benz, GM, Ford, Skoda e Geely – já estão a incorporar esta tecnologia nas suas fábricas inteligentes para melhorarem os seus sistemas de automação, segurança e eficiência de produção. Já ao volante, vamos poder assistir a uma transmissão de dados mais rápida e a comunicações, sistemas de navegação e de entretenimento melhorados. Espera-se que o setor automóvel registe uma taxa de crescimento anual de 30 a 35% na adoção do 5G nos próximos anos. O objetivo é que o carro seja uma solução de vida conectada, que proporcione uma experiência totalmente integrada.

4. Incentivos à compra de VE

Assistimos, em Portugal, a uma redução significativa do quadro de incentivos à aquisição de veículos eletrificados. Esta é, sem dúvida, uma das tendências do setor automóvel para 2024 que mais vai afetar os potenciais compradores de carros elétricos. As principais mudanças que constam no Orçamento de Estado para 2024 são: 

  • O valor dos incentivos do Fundo Ambiental à compra de VE sofreu uma redução de 10 para 6.1 milhões de euros.
  • Os incentivos à compra de carros elétricos não serão cumulativos com os incentivos ao abate de carros. No Orçamento de Estado para 2024 estão previstos 129 milhões de euros para incentivar o abate de carros com matrículas anteriores a 2007, mas este incentivo não é cumulativo com o incentivo à compra de um VE, bicicleta elétrica ou instalação de um carregador para carros elétricos em casa. 

5. Inteligência artificial

A inteligência artificial (IA) está a ganhar terreno em várias frentes das nossas vidas e o setor automóvel não é exceção. Em 2024, vamos continuar a assistir a uma inevitável transformação da indústria através de uma maior incorporação de IA em diversas áreas: design, produção, cadeia de abastecimento e controlo de qualidade, navegação, assistência à condução, eficiência e personalização das interações, manutenção preditiva, segurança, entre outras. Marcas como a BMW, Toyota, Tesla ou Mercedes Benz já deram passos significativos em 2023 e prometem continuar a explorar a aplicação de inteligência artificial nos seus modelos.

Curioso/a para o que aí vem? Mantenha-se a par de todas as novidades, visite o blog da Caetano Retail e explore os nossos artigos.