“O carro não pega, e agora?” Descubra as razões

homem a queixar-se que carro não pega

Acabou de se sentar e de apertar o cinto de segurança, roda a chave e, de repente, o carro não pega? Não se preocupe… Não está sozinho! Esta é uma situação bastante comum, pela qual muitos condutores já passaram.

Existem várias razões pelas quais o carro liga mas não pega ou a ignição não funciona. A boa notícia é que muitas delas podem ser facilmente resolvidas ou prevenidas.

Neste artigo, descubra os motivos mais comuns pelos quais um carro não liga e o que fazer para evitar essas situações.

Carro não pega: o que pode ser? Os 5 motivos mais comuns

1. Problemas com a bateria

A bateria é uma componente que exige atenção e cuidados redobrados. Quando o carro não pega, a primeira coisa que deve tentar despistar é o estado da bateria. Se se esqueceu de apagar as luzes e se as mesmas ficaram acesas durante toda a noite, é o suficiente para, manhã seguinte, ter dores de cabeça com a bateria descarregada.

Nestas situações, verifique, em primeiro lugar, se os terminais da bateria estão bem ligados ou sujos. Se for necessário, aperte-os melhor ou limpe a sujidade existente. Se mesmo assim o carro não pegar, recorra a carregadores e ligue a bateria do seu automóvel à de um outro para recarregar a bateria.

Porém, se tiver um carro parado há muito tempo na sua garagem, é fundamental ter certos cuidados. Desligue sempre os terminais da bateria para evitar que ela continue com o seu consumo elétrico e acabe completamente descarregada. Nestas situações, também deve ligar ocasionalmente o carro, de forma a conservar não apenas a bateria, mas também outras componentes mecânicas.

Ler mais: Bateria do carro descarregou: o que fazer?

2. Mau funcionamento das velas de ignição

São as velas de ignição que geram a faísca necessária para que um motor a combustão comece a trabalhar. A faísca é gerada mediante um diferencial de potencial elétrico elevado e este processo é repetido, em média, 2.000 vezes por minuto para que um motor funcione normalmente.

Se o motor a gasolina não pega, verifique se as velas de ignição estão sujas ou danificadas. Mas antes de chegar a esse ponto, há pequenos sinais aos quais pode estar atento:

  • Perda de potência do motor durante a condução;
  • Aumento do consumo de combustível;
  • Dificuldades no arranque (especialmente em temperaturas exteriores baixas).
  • Barulhos no carro em andamento;
  • Dificuldades prévias no arranque;
  • Fumo escuro a sair do sistema de escape.

Se detetar algum destes sintomas, substitua de imediato as velas de ignição do seu carro para evitar desgastes prematuros noutras partes do veículo e potenciais problemas no arranque.

3. Temperatura exterior demasiado baixa

O seu carro não pega no frio? É verdade, as baixas temperaturas são outro fator que pode influenciar o arranque do motor, especialmente em veículos a diesel. Para além de afetarem a carga das baterias (que podem, inclusive, perder cerca de 1/3 da sua carga total), o frio e a humidade também dificultam, por exemplo, o contacto dos bornes.

Para que não se tenha de preocupar porque o motor diesel não pega, sugerimos que, durante os dias mais frios de inverno, deixe o seu carro estacionado num parque ou estacionamento interior.

E para além dos cuidados com o carro no inverno mais comuns, não se esqueça de:

  • Verificar o bom estado do sistema de pré-aquecimento;
  • Verificar o bom estado da bateria e limpar os terminais;
  • Ter atenção às propriedades do combustível que utiliza;
  • Usar óleo do motor com viscosidade apropriada para as estações frias.

4. Falta de combustível

Sempre que possível, evite conduzir com o carro na reserva. Porém, sabemos que às vezes pode haver distrações e, na hora de arrancar… o carro não pega.

Ainda que a melhor solução seja sempre a prevenção (evitar conduzir com os níveis de combustível demasiado baixos), pode efetivamente haver problemas relacionados com o sistema de combustível que estão a impedir o normal arranque do automóvel.

Falamos, por exemplo, de uma avaria no sensor, de um problema na bomba, ou até de uma fuga no depósito de combustível. Pelo sim e pelo não, não abdique de averiguar estas possibilidades numa oficina da sua confiança.

Ler mais: “Como calcular o consumo de combustível do seu carro?”

5. Problemas no motor

Se houver problemas com o motor pode estar perante um caso mais sério e há, aqui, várias possibilidades:

  • O motor não arranca de todo: pode ser devido a uma das situações acima referidas.
  • O motor gira mas não pega — o que pode ser? Nestas situações, o mais provável é que o motor não esteja a conseguir converter a energia elétrica em energia mecânica. É por isso que consegue ouvir o motor de arranque, mas não o motor de combustão.
  • O motor liga, mas cheira a queimado: pode haver problemas no motor de arranque relacionados com o sobreaquecimento.
  • O carro não pega e ouve ruídos ou apenas um clique ao rodar a chave: pode haver uma falha de ligação entre o motor de arranque e a transmissão.

Ler mais: “Como escolher o mecânico para o seu carro”

Nestas situações, recomendamos que visite uma oficina da sua confiança e que seja feito um diagnóstico técnico ao veículo o quanto antes. Faça já a sua marcação nas Oficinas Caetano Retail!